Seja bem-vindo. Hoje é

Já são 75 o número de casos de dengue em Sorocaba

Postado por Dymonte Em 28 de fevereiro de 2011 0 comentários
Foram confirmados na tarde desta segunda-feira (28), 38 novos casos de dengue em Sorocaba. Segundo a  Vigilância Epidemiológica de Sorocaba (VE) os diagnósticos positivos foram registrados na cidade entre os dias 19 e 25 de fevereiro. Assim, desde o início do ano, são 75 casos de dengue confirmados em Sorocaba. Deste total, 61 são autóctones (contraídos na própria cidade) e 14 são importados (as pessoas viajaram e voltaram contaminadas).


Ainda de acordo com o boletim divulgado pela VE, há casos de dengue registrados em praticamente toda a cidade. A região que compreende alguns bairros como a Vila Helena, Vila Carvalho, Jardim Zulmira e Vila Barão continua sendo a que concentra o maior número de casos.



Segundo a diretora de Área da Vigilância em Saúde, Consuelo Matiello, todas as ações de controle continuam sendo intensificadas nas regiões que apresentam casos da doença, para tentar conter o avanço da dengue. Porém, ela pede o apoio da população no combate ao mosquito transmissor. "Cada um  deve fazer sua parte para nos ajudar nesta tarefa. As pessoas devem remover os criadouros do mosquito de suas casas e do local de trabalho", diz.


Desde o início do ano até a última sexta-feira (25), Sorocaba registrou 683 notificações de casos suspeitos de dengue. Deste total, 573 foram descartados e 35 estão aguardando resultado de exame.
Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Esta semana recebi um email com uma receita para espantar o mosquito da dengue. Não custa nada tentar:

DENGUE I: 


FAÇA O REPELENTE DOS PESCADORES EM CASA: 

1/2 litro de álcool;- 1 pacote de cravo da Índia (10 gr);- 1 vidro de óleo de nenê (100ml) 
Deixe o cravo curtindo no álcool uns 4 dias agitando, cedo e de tarde; 
Depois coloque o óleo corporal (pode ser de amêndoas, camomila, erva-doce, aloe vera). 
Passe só uma gota no braço e pernas e o mosquito foge do cômodo. O cravo espanta formigas da cozinha e dos eletrônicos, espanta as pulgas dos animais. 
O repelente evita que o mosquito sugue o sangue, assim, ele não consegue maturar os ovos e atrapalha a postura, vai diminuindo a proliferação. A comunidade toda tem de usar, como num mutirão. Não forneça sangue para o aedes aegypti! 

Ioshiko Nobukuni 


Sobrevivente da dengue hemorrágica.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário será moderado, e postado se não violar as regras abaixo:

-Faça comentários relativos ao assunto abordado.
-Pedidos de parcerias e anúncios use o formulário de contato.
-Não faça calunias, difamações, menos ainda citações preconceituosas.
-Só inclua links que estejam de acordo com o assunto
-Não faça spam!

Participar deste site

Links amigos