Seja bem-vindo. Hoje é

Dicas de turismo na capital paranaense

Postado por Dymonte Em 7 de maio de 2012 2 comentários

Quem vai para a capital paranaense sabe (ou pelo menos imagina) que vai andar. Andar pelos museus. Andar pelos parques. Andar pelos bosques. Andar, andar e andar mais um pouquinho. É muita coisa bacana para conhecer em, geralmente, pouco tempo de estadia. A primeira dica para quem vai viajar de férias para a cidade, então, é procurar uma empresa de aluguel de carro em Curitiba assim que pisar no Aeroporto Afonso Pena. Afinal, tudo bem que tem-se que andar muito por lá, mas é sempre bom ter um carrinho à espera na hora de mudar de ponto na cidade ou voltar para o hotel.
Alugar carros em Curitiba não é a tarefa mais difícil do mundo, e é geralmente a melhor opção para se conhecer, principalmente, os diversos parques naturais da cidade. Afinal, já imaginou andar a pé por 81 mil metros quadrados de área verde preservada, para ver coisas bacanas como o Jardim Botânico e sua Estufa Metálica ou o Bosque do Papa? Se a tarefa não for impossível, pelo menos fica sendo muito árdua. Fora que os parques recheiam Curitiba de fora a fora, e andando por um e outro você sempre vai ver um ponto turístico diferente, como construções, museus (o Museu Oscar Niemeyer é um dos mais legais de se ver), centro histórico e, claro, curtir de perto todos os aspectos que fazem da capital paranaense uma “cidade modelo” para todo o país.
E à noite, Curitiba é sempre um charme só. Fria como sempre, linda como nunca, a cidade sempre respira romantismo, elegância, luxo. E tudo isso se potencializa em seus diversos restaurantes de influência italiana ou polonesa, seus bares e suas baladas. E se as férias forem médias ou longas, sempre dá para inovar bastante nos passeios. Se você já conheceu todos os parques, bosques, museus e casas de show que queria, sempre existe um plano B para você não se entediar em Curitiba. O primeiro deles é pegar um trem de luxo na cidade (o único trem de luxo em atividade atual no Brasil) e ir até a cidade histórica de Morretes, bem perto da capital paranaense. A experiência vale pelo charme da cidade história de Morretes e, principalmente, pela paisagem sem igual que compõe o cenário da viagem de trem. Em Curitiba você vai conhecer um outro tipo de Brasil, preocupado em preservar suas belezas, retratado por vários povos diferentes. Difícil vai ser querer voltar pra casa, no fim das férias.
Se você vai visitar a cidade pela primeira vez, algumas dicas importantes são necessárias, principalmente para evitar alguns desconfortos. Veja uma pequena lista com dicas importantes:
- Tenha sempre na mala um casaco, a temperatura da cidade muda constantemente;
- Apesar de organizado, o trânsito da cidade costuma ser conturbado nos horários de pico, por isso, evite;
- Fique atento ao estacionar o carro nas ruas da cidade, pois é cobrada uma taxa da prefeitura chamada “Estar”. Veja as placas nas calçadas e se informe;
- Alguns parques ficam distantes, por isso, planejar um roteiro é fundamental para otimizar seu tempo e economizar com combustível;

2 comentários:

Maestro disse...

Esperava algumas dicas de locais como museus, igrejas , praças etc, e as dicas aqui foram comuns a quem viaja para turismo e lazer.

Joana Marques disse...

Eu gostei das dicas. Achei bem completas e importantes, principalmente sobre o trânsito e dicas do "tal" Estar.

ótimo artigo!

Abraços

Postar um comentário

Seu comentário será moderado, e postado se não violar as regras abaixo:

-Faça comentários relativos ao assunto abordado.
-Pedidos de parcerias e anúncios use o formulário de contato.
-Não faça calunias, difamações, menos ainda citações preconceituosas.
-Só inclua links que estejam de acordo com o assunto
-Não faça spam!

Participar deste site

Links amigos